Conheça as vantagens e torne-se nosso associado »Associar-seBenefícios

Ao longo dos 3 dias, o Portugal Smart Cities Summit e o Segurex, que se realizaram em simultâneo, receberam cerca de 10.000 participantes, entre os quais se destacam mais de 140 autarcas, que participaram nas conferências e tiveram a oportunidade de conhecer as novidades apresentadas por mais de uma centena de empresas expositoras presentes no evento.

De referir que 2.156 pessoas acompanharam as conferências através das sessões on-line. No que respeita aos visitantes, o Portugal Smart Cities Summit teve um incremento de 25% e de 50% em expositores, face à última edição, o que refelete não só o crescimento do mercado das soluções para as Smart Cities, mas também que há cada vez mais autarquias atentas às mudanças tecnológicas. Segundo Elisabete Martins, gestora do evento, um dos principais objetivos, “a dinamização de negócios entre as empresas participantes e os profissionais do sector” foi plenamente alcançado, referindo que o Portugal Smart Cities Summit é o maior marketplace nacional, reunindo todos os sectores fundamentais para as Smart Cities, nomeadamente governação, mobilidade, energias, IT & IOT, água, resíduos e ambiente, cibersecurity, saúde e bem-estar.” Um dos pontos altos do Evento foi o almoço de Autarcas, no qual se registaram mais de 140 presidentes e vereadores, incluindo Carlos Moedas, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, cidade anfitriã do Evento. Lisboa, Loures, Amadora, Sintra, Seixal, Torres Vedras, Coimbra, Fundão, Vila Nova de Gaia, Figueira da Foz, foram as Autarquias com presença na exposição, a par do arquipélago da Madeira, Região convidada do Portugal Smart Cities Summit.

No Portugal Smart Cities Summit participaram empresas Líderes de Mercado, salientando-se, entre outras, a NOS, parceiro estratégico do Evento, que apresentou as suas soluções tecnológicas na exposição e nas Conferências. De realçar ainda a dimensão internacional do Portugal Smart Cities Summit 2022, que nesta edição contou com a participação de uma delegação da BUSINESSMED (União das Confederações Empresariais do Mediterrâneo), a qual levou a cabo a Conferência “Euro-Med-African Solutions for the Energy Transition”. Outras entidades reconhecidas internacionalmente, a BaN Business as Nature – Associação para a Produção e Consumo Sustentável e a Economia Circular (BasN) – e a Common Home of Humanity, levaram a cabo sessões sob o tema “As Cidades pelo Património Comum”. Destacam-se as participações directas da Hungria e do Reino Unido, com uma forte presença empresarial, tendo estado igualmente representados os seguintes países: Espanha, França, Hungria, Tunísia e os Emirados Árabes Unidos. O Portugal Smart Cities Summit recebeu a visita de Delegações empresariais provenientes de Cabo Verde e Cuba. A Fundação AIP organiza anualmente o Portugal Smart Cities Summit e a data da próxima edição será anunciada oportunamente.

Mais Informações:
https://portugalsmartcities.fil.pt